• Alternativa Esportes

Vadão é demitido do comando técnico da Seleção Brasileira Feminina

Por: Almeno Campos

Vadão teve uma sequência de nove derrotas consecutivas antes da Copa do Mundo deste ano (Foto: Naomi Baker / FIFA / FIFA via Getty Images)

Vadão não é mais técnico da Seleção Brasileira Feminina. O anúncio da demissão do treinador foi feito na última segunda-feira (22/07) pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), um mês depois da eliminação na Copa do Mundo Feminina.


O técnico estava em sua segunda passagem pelo comando da equipe. Ele assumiu o time pela primeira vez em 2014, foi eliminado nas oitavas de final do Mundial Feminino em 2015 e ficou em quarto lugar nas Olimpíadas de 2016. Meses depois, foi demitido do cargo, dando lugar a Emily Lima.


Vadão retornou à Seleção em 2017, cerca de um ano após a saída, justamente como substituto de Emily. Foi campeão da Copa América em 2018. Já na Copa do Mundo de 2019, o Brasil se classificou para o mata-mata no terceiro lugar do grupo, que tinha Austrália, Itália e Jamaica, mas caiu nas oitavas para a anfitriã França, na prorrogação.


Sob o comando do treinador, as brasileiras tiveram uma sequência de nove derrotas consecutivas, que terminou na primeira rodada da Copa do Mundo, contra a Jamaica. Na ocasião, o Brasil venceu por 3 a 0.


Antes mesmo da saída do Vadão, o nome de Pia Sundhage ganhou força para assumir o cargo de técnica da Seleção Feminina. Nascida na Suécia, Pia é bicampeã olímpica com os Estados Unidos, além de ter conquistado a medalha de prata com a Suécia nos Jogos Olímpicos de 2016, perdendo na final para a Alemanha. A sueca é vista como o nome perfeito para a equipe verde e amarela, por sua liderança dentro e fora dos gramados.

0 visualização

© 2018 Alternativa Esportes. Orgulhosamente criado com Bruno Pinheiro. 

  • Facebook - Alternativa Esportes
  • Instagram - Alternativa Esportes
  • Twitter - Alternativa Esportes
  • Youtube - Alternativa Esportes
  • Facebook - Alternativa Esportes
  • Instagram - Alternativa Esportes
  • Twitter - Alternativa Esportes
  • Youtube - Alternativa Esportes