• Alternativa Esportes

Tudo igual no Engenhão

Por: Matheus Romling


Arthur Dallegrave/Divulgação Juventude


20 anos após decidirem a final da Copa do Brasil, Botafogo e Juventude voltaram a se encontrar pela competição, na partida de ida da terceira fase, disputada no Engenhão. Sob chuva de vaias, o empate em 1 a 1 foi muito mal digerido pela torcida alvinegra.


A equipe da Serra Gaúcha abriu o placar aos 19 minutos, após cobrança de escanteio, com o atacante Paulo Sergio, que cabeceou e abriu o placar. Na comemoração, o ex-jogador do Flamengo faz o gesto de “chororô" para provocar os donos da casa. Ele ainda seria expulso aos 35 da etapa final, juntamente com o meia João Paulo, do Bota, pois se envolveram em uma discussão.


O Botafogo empatou aos 9 minutos do segundo tempo, em cobrança de pênalti convertida por Erik, e só não conseguiu a virada graças a excelente atuação do goleiro do Juventude, Marcelo Carné, que realizou ótimas intervenções quando exigido. O Fogão ainda lamentou uma chance inacreditável do centroavante Kieza, que aos 43 minutos desperdiçou a oportunidade da virada ao isolar para fora, com o gol livre.


As duas equipes voltam a se enfrentar na próxima quinta feira (11/04), no estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul. O vencedor se classifica para a quarta fase da competição, e em caso de empate, haverá disputa de pênaltis.

0 visualização

© 2018 Alternativa Esportes. Orgulhosamente criado com Bruno Pinheiro. 

  • Facebook - Alternativa Esportes
  • Instagram - Alternativa Esportes
  • Twitter - Alternativa Esportes
  • Youtube - Alternativa Esportes
  • Facebook - Alternativa Esportes
  • Instagram - Alternativa Esportes
  • Twitter - Alternativa Esportes
  • Youtube - Alternativa Esportes