• Alternativa Esportes

Surpresas na China

Por: Marcelo Frederico

Antetokounmpo sofrendo marcação dupla contra o Brasil (Foto: Divulgação / FIBA)

A primeira fase da Copa do Mundo de Basquete chegou ao fim, mas já proporcionou grandes emoções aos amantes da bola laranja. Teve seleção europeia caindo mais cedo e os donos da casa quase seguindo em frente, mas a grande surpresa foi o ótimo desempenho das equipes americanas.


Grupos A e B


Antes do início da competição, a maioria dos torcedores diria que as chances olímpicas do Brasil dependeriam mais de um desempenho ruim das outras seleções, como a Argentina, do que propriamente uma boa apresentação brasileira. Mas apesar da torcida contra eles, os hermanos conseguiram vencer os três jogos e passaram em primeiro no grupo, seguidos pela Rússia. Agora no grupo I, os times enfrentam Polônia, que também venceu as três partidas, e Venezuela, que eliminou a China no jogo da última rodada que valia a vaga para a equipe que saísse vencedora.


Bogdanovic foi o cestinha contra a Itália marcando 31 pontos (Foto: Divulgação / FIBA)

Grupos C e D


No grupo C, a Espanha passou sem sustos por todos e seguiu líder de forma invicta, seguida por Porto Rico, que venceu a Tunísia no confronto direto pela segunda vaga. Na segunda fase, as duas seleções enfrentam Sérvia e Itália no Grupo J, que passaram em primeiro e segundo, respectivamente, e não deram espaço para as zebras Angola e Filipinas.

Grupos E e F


Os Estados Unidos passaram bem por República Tcheca e Japão, mas por pouco não perderam contra a Turquia, que fez jogo duro e levou a partida para o overtime. Após quatro lances livres perdidos pelos turcos em sequência nos segundos finais, os americanos levaram a melhor no sufoco, vencendo por 93 a 92. Curiosamente, os tchecos que não ofereceram resistência aos EUA na primeira rodada, venceram os turcos no confronto direto e passaram em segundo no grupo E.


Jason Tatum foi decisivo na vitória americana sobre a Turquia (Foto: Divulgação / FIBA)

No F, no que talvez possa ter sido a grande surpresa da primeira fase, o Brasil conseguiu um ótimo desempenho vencendo as três seleções do grupo, incluindo a poderosa Grécia de Giannis Antetokounmpo, em uma partida que com certeza ficará na história da seleção. No confronto direto com a Nova Zelândia, os gregos deram a volta por cima e garantiram a segunda vaga do grupo, e se juntam a Brasil, Estados Unidos e República Tcheca no grupo K.


Grupos G e H


No grupo G, a Alemanha foi surpreendida pela República Dominicana e ficou pra trás por também ter perdido para a França. Os franceses, que venceram seus três confrontos e passaram em primeiro, seguidos pelos dominicanos, que também venceram a Jordânia, garantiram a vaga. No emparelhamento da segunda fase, as duas seleções se encontram no grupo L com os vencedores do grupo da morte da primeira fase. A Austrália não tomou conhecimento e venceu os três jogos, passando na liderança do grupo. Em segundo, a Lituânia, que perdeu somente para os australianos. O Canadá, historicamente uma das grandes forças das Américas, acabou ficando pelo caminho.

Rudy Gobert é o líder de rebotes pela França (Foto: Divulgação / Zhong Zhi)

Vagas olímpicas


Com os resultados da primeira semana, somente Austrália já garantiu a vaga para Tóquio no ano que vem, representando a Oceania. Na Europa, Turquia e Alemanha não possuem mais chances de classificação pela competição. Polônia, Sérvia, Espanha e França, todas com três vitórias, saem na frente na disputa pelas duas vagas.


Nas Américas, continente com maior número de surpresas nessa Copa do Mundo, somente o Canadá não seguiu na disputa por uma das duas vagas. Brasil, Estados Unidos e Argentina lideram, com três vitórias cada. No grupo K, se os americanos vencerem a Grécia, basta a nossa seleção passar pela República Tcheca para se classificar para as quartas.


As vagas de África e Ásia serão decididas na fase de classificação, onde as seleções que não se classificaram se organizam em quatro grupos para completarem o ranking do 17º ao 32º lugar. Com uma vitória cada, Nigéria, Tunísia e Angola lideram por uma vaga africana, e China, isolada, lidera na disputa com Filipinas, Coreia do Sul, Irã e Jordânia pela vaga asiática. Lembrando que Japão já está classificado por ser sede.


A segunda fase da Copa do Mundo de Basquete FIBA começou nesta sexta-feira (06/09), às 5h, com o confronto entre Polônia e Rússia, válido pelo grupo I, e vai até o dia 10, quando começam as quartas de final.

0 visualização

© 2018 Alternativa Esportes. Orgulhosamente criado com Bruno Pinheiro. 

  • Facebook - Alternativa Esportes
  • Instagram - Alternativa Esportes
  • Twitter - Alternativa Esportes
  • Youtube - Alternativa Esportes
  • Facebook - Alternativa Esportes
  • Instagram - Alternativa Esportes
  • Twitter - Alternativa Esportes
  • Youtube - Alternativa Esportes