• Alternativa Esportes

Saudades dos velhos tempos da Seleção

Atualizado: 5 de Jul de 2019

Por: Almeno Campos

Romário e Ronaldo, dois dos maiores atacantes que o mundo já viu (Foto: Getty Images)

Olá, amigos da Alternativa Esportes!


O tema de hoje será saudade dos tempos que parecem que não vão voltar mais. Espero estar errado. Vendo o jogo da última quinta-feira (27/06), contra o Paraguai, fiquei com um sentimento saudosista. Isso porque os atacantes da Seleção Brasileira recebiam bolas dentro da área e tinham medo de chutar! Como pode atletas que têm a função de marcar gols tremerem na hora que estão com a bola no pé dentro da grande área?


Tenho 25 anos, ou seja, ainda sou um jovem, mas cresci vendo uma Seleção que tinha como atacante Ronaldinho (hoje Ronaldo Fenômeno). Um autêntico artilheiro! Um cara que não tinha medo de chutar a gol, mesmo que tivessem uns três defensores perto dele. Era difícil ele perder gol. Um dos grandes da história do futebol.


O Brasil já teve grandes atacantes na sua história. Ademir Menezes, o Queixada, artilheiro da Copa do Mundo de 1950, aqui no nosso país, com nove gols. Jairzinho, que anotou sete gols na Copa de 1970, marcando em todos os jogos que disputou na competição. Bebeto e Romário, essa dupla maravilhosa da Copa de 1994, que comandaram o nosso tetracampeonato mundial! O próprio Ronaldo Fenômeno que decidiu para a gente na Copa de 2002, após se recuperar de uma grave lesão no joelho. Fora outros inúmeros grandes atacantes que já vestiram a nossa camisa verde e amarela. Hoje, temos um camisa 9 que não marca gol. Pois é!


Temos também um camisa 10 que está no banco de reservas! Sim, a mítica camisa 10 que ganhou a grande notoriedade que tem graças ao Rei Pelé! Que já foi usada por Zico e que vi sendo vestida com elegância por Rivaldo e pelo "Bruxo" Ronaldinho Gaúcho, fora outros grandes que já tiveram essa honraria! Imagina hoje uma pessoa de fora do Brasil, que acompanha o futebol, vendo que o número 10 da seleção pentacampeã do mundo está no banco? Fora que o nosso 10 titular aparece mais nas notícias de famosos e em páginas policiais que no noticiário esportivo. Pois é!


Saudades dos grandes tempos da Seleção. Ela pode até ganhar a Copa América neste fim de semana, mas será de uma forma bem esquisita, com um futebol longe de ser bonito e eficiente, que temos um camisa 9 que não faz gol e com um 10 no banco de reservas.


Tomara que, logo mais, contra a Argentina, eu possa queimar minha língua e que algum atacante marque gols para ajudar o Brasil na classificação para a final da Copa América. Vamos ver.

Gabriel Jesus segue sem fazer gol na Copa América até este momento (Foto: Juan Mabromata / AFP)

© 2018 Alternativa Esportes. Orgulhosamente criado com Bruno Pinheiro. 

  • Facebook - Alternativa Esportes
  • Instagram - Alternativa Esportes
  • Twitter - Alternativa Esportes
  • Youtube - Alternativa Esportes
  • Facebook - Alternativa Esportes
  • Instagram - Alternativa Esportes
  • Twitter - Alternativa Esportes
  • Youtube - Alternativa Esportes