• Alternativa Esportes

Santos tem quase R$ 15 milhões bloqueados da venda do atacante Rodrygo

Por: Almeno Campos

Rodrygo em ação pelo Santos (Foto: Ivan Storti / Santos FC)

O Santos recebeu 25 milhões de euros (R$ 107 milhões) referentes a segunda parcela da venda do atacante Rodrygo ao Real Madrid (ESP). Porém, desse montante foram penhorados quase R$ 15 milhões pelo Banco Central por conta de um cumprimento a uma decisão da Justiça de São Paulo, que bloqueou esse montante como garantia de uma ação movida pelo escritório de advocacia Bonassa Bucher contra o Alvinegro Praiano.


A empresa prestou serviços ao Peixe em 2017, quando o clube estava sob o comando do presidente Modesto Roma Jr. Entre os casos, estão ações contra Neymar e também contra o fundo de investimentos Doyen.


Uma auditoria encomendada pelo atual presidente José Carlos Peres, porém, apontou supostas irregularidades na relação do escritório com o Santos, que se recusou a pagar os honorários combinados. O calote levou a firma a cobrar o clube na Justiça. O valor, de exatos R$ 14.413.507,27, ficará retido em juízo até uma decisão definitiva da disputa.


Na ação, o Bonassa Bucker afirma que todos os serviços foram comprovados. No primeiro semestre, a Justiça determinou o bloqueio de valores endereçados ao Peixe originários do exterior – o alvo era, justamente, o pagamento da segunda parcela da venda de Rodrygo.

© 2018 Alternativa Esportes. Orgulhosamente criado com Bruno Pinheiro. 

  • Facebook - Alternativa Esportes
  • Instagram - Alternativa Esportes
  • Twitter - Alternativa Esportes
  • Youtube - Alternativa Esportes
  • Facebook - Alternativa Esportes
  • Instagram - Alternativa Esportes
  • Twitter - Alternativa Esportes
  • Youtube - Alternativa Esportes