• Alternativa Esportes

Profeta salvador

Por: J.V. Laguárdia


Foto: IG Esportes


O São Paulo é um dos times mais promissores para 2019, pois fez boas contratações. Porém, até o momento, não conseguiu confiança de grande parte dos torcedores, principalmente no primeiro grande desafio do ano, na derrota para o Santos por 2 a 0, no último dia 27. Após mais uma derrota, dessa vez para o Guarani, o Tricolor entrou em campo contra o São Bento neste domingo (3), no estádio Pacaembu, com os reservas, uma vez que o time tem um importante compromisso no meio da semana diante do Talleres, pela pré-Libertadores.


André Jardine optou pelo esquema tático 4-5-1, e teve em campo: Jean, Igor Vinícius, Bruno Alves, Rodrigo Freitas, Léo, Araruna, Willian Farias, Hernanes, Everton Felipe, Gonzalo Carneiro e Helinho. Pelo outro lado, o técnico Marquinhos Santos entrou em campo com um 4-5-1 espelhado, com o goleiro Henal, Éverton Silva, Ewerton Páscoa, Diego Ivo, Guilherme Romão, João Paulo, Fábio Bahia, Edson Ratinho, Alex Maranhão, Paulinho e o experiente Alecsandro.


Apesar do São Paulo tentar propor o jogo, a primeira etapa foi de poucas chances de gols para os dois lados. Os donos da casa até chutaram algumas vezes para o gol de Henal, mas sem levar perigo. Aos 18 minutos, em um contra-ataque, Alecsandro deu um lindo passe de peito para Alex Maranhão, que chutou no ângulo, mas o bandeirinha assinalou impedimento de Alecgol, que não estava. A partida continuou morna e o São Paulo tinha a posse de bola, mas girava de um lado para o outro e não tinha velocidade ou penetração na área do São Bento. A melhor chance do Tricolor foi em uma cobrança de falta de Hernanes, na frente da área. O Profeta, que é um exímio cobrador de falta, bateu no canto direito e Henal fez uma importante defesa. Na sequência, Gonzalo Carneiro cabeceou desequilibrado e o goleiro ficou com a gorduchinha. O árbitro apitou o fim do primeiro tempo e o time da capital terminou com 205 passes certos, dez bolas levantadas na área, nove finalizações e 65% de posse de bola.


No intervalo, André Jardine fez uma alteração: saiu Everton Felipe e entrou o garoto Antony, que correu bastante no segundo tempo. A partida foi reiniciada, e logo no primeiro minuto, Henal trabalhou: Helinho cruzou, Igor Vinícius bateu prensado e a bola sobrou para Carneiro, que chutou forte, forçando o arqueiro a fazer a primeira defesa. Depois, Antony chutou e mais uma vez o goleiro fez a defesa. Aos 7, Edson Ratinho desceu pela direita e tentou um cruzamento para Alecsandro, mas a bola pegou curva e explodiu no travessão de Jean – por pouco o São Bento não abriu o placar com um gol inesperado.


A redenção do Tricolor ocorreu aos 14 minutos. Após trabalhar a bola pela direita, Hernanes recebeu, limpou para a esquerda e chutou – a bola bateu na trave e entrou. A comemoração foi no estilo do camisa 15, uma pirueta. Os visitantes responderam no lance seguinte, com Ratinho, que chutou de primeira, mas a bola subiu. Ambos os treinadores fizeram mais substituições, e o jogo melhorou em comparação ao primeiro tempo. No apagar das luzes, o árbitro Vinicius Gonçalves Dias Araújo viu mão do volante João Paulo e marcou a penalidade para o São Paulo. Jonatan Gomes cobrou no lado direito e Henal fez a defesa – vale destacar que a bola não acertou o braço do jogador. Final de partida no estádio Pacaembu, vitória do Soberano por 1 a 0.


Com o triunfo, o São Paulo agora tem nove pontos, líder do grupo D. O próximo duelo do time pelo Paulistão será contra a Ponte Preta, no próximo dia 9, às 19h. Mas, antes disso, o time viaja para a Argentina, pois enfrenta o Talleres nesta quarta-feira (6), às 21h30. É o jogo da vida. A equipe ocupa a 12ª colocação no Campeonato Argentino, e tem 22 pontos - venceu o Banfield, por 3x1, na última sexta-feira (1).


A torcida não está muito contente com o futebol apresentado pelos atletas. A ideia é que Hernanes, Nenê e Pablo sejam titulares no jogo da pré-Libertadores. Somado a isso, há uma desconfiança no trabalho do técnico André Jardine.

2 visualizações

© 2018 Alternativa Esportes. Orgulhosamente criado com Bruno Pinheiro. 

  • Facebook - Alternativa Esportes
  • Instagram - Alternativa Esportes
  • Twitter - Alternativa Esportes
  • Youtube - Alternativa Esportes
  • Facebook - Alternativa Esportes
  • Instagram - Alternativa Esportes
  • Twitter - Alternativa Esportes
  • Youtube - Alternativa Esportes