• Alternativa Esportes

O Brasileirão antes do Brasileirão

Atualizado: 16 de Abr de 2019


Por: Luiz Cláudio Gonçalves


Taça do Torneio Roberto Gomes Pedrosa, competição que precedeu o Campeonato Brasileiro (Foto: historiadoresdosesportes.com)

Daqui a duas semanas vai começar um dos campeonatos mais disputados do mundo. A bola vai rolar para o Campeonato Brasileiro. O torcedor nestes dias vive duas expectativas. A primeira é em saber quem será o campeão estadual, em diversos estados do Brasil. Logo a seguir, sem muito tempo para respirar, ele vai voltar as suas atenções para o Brasileirão, que tem início previsto para o dia 27 de abril.


Em 1971, o campeonato mais importante do país recebeu a nomenclatura que é usada até hoje: Campeonato Brasileiro. Em alguns anos do final da década de 70 e início da década de 80, o campeonato foi chamado de Taça de Ouro. Em 1987 ele foi a Copa União, vencida pelo Flamengo. E em 2000 foi a Copa João Havelange, vencida pelo Vasco da Gama, em 2001. Isso mesmo, em 2001. A competição foi decidida em 18 de janeiro de 2001 e o Vasco venceu a equipe do São Caetano por 3 a 1, no Maracanã. Em outro momento trataremos das Copas União e João Havelange.


Em 2009 o Flamengo conquistou seu sexto título, empatando com o São Paulo como recordista de títulos. Porém, alguns anos depois, por determinação judicial, a CBF se viu obrigada a não reconhecer a conquista da Copa União de 1987 por parte do Rubro-Negro do Rio. O campeão brasileiro de 87 é oficialmente o Sport Club do Recife. Flamengo e São Paulo, até a ordem judicial, lideravam o ranking de campeões do Campeonato Brasileiro.


O curioso é que, literalmente, antes mesmo de haver o Campeonato Brasileiro, teve Campeonato Brasileiro. Em dezembro de 2010 a CBF resolveu unificar os títulos da competição. Antes de 1971, as equipes disputaram torneios nacionais e seus campeões tiveram legitimadas suas conquistas e foram assim reconhecidas como campeãs brasileiras. Com o novo posicionamento da CBF, o Palmeiras se isolou na liderança do ranking dos campeões ao vencer o Brasileirão de 2016. Foi a nona conquista do Alviverde Paulista, que com a conquista do último campeonato, o de 2018, agora é decacampeão brasileiro, ou seja, conquistou a competição em dez ocasiões. Antes do advento do Campeonato Brasileiro como Campeonato Brasileiro, as equipes disputaram a Taça Brasil, de 1959 a 1968 e a Taça Roberto Gomes Pedrosa, também conhecida como Taça de Prata, de 1967 a 1970. Com a unificação dos títulos, Palmeiras e Santos foram os maiores beneficiados. Em 1967 o Palmeiras, por exemplo, computou duas conquistas ao seu histórico, a Taça Brasil e a Taça de Prata. Já o Santos, que tinha apenas duas conquistas, as de 2002 e de 2004, somou a elas outras seis. O pentacampeonato de forma consecutiva pelas conquistas de 1961 a 1965 da Taça Brasil e o título da Taça Roberto Gomes Pedrosa, o popular Robertão de 1968. Hoje o Santos tem oito conquistas em seu currículo.


Em 1968, a exemplo do que ocorrera em 67, quando o Palmeiras venceu ambos, foram disputados os dois torneios. O Botafogo venceu a Taça Brasil e o Santos, a Taça de Prata. A partir da nova resolução da CBF, o Bahia passou a ser o primeiro campeão brasileiro ao vencer de forma histórica a Taça Brasil de 1959. A decisão foi entre o Bahia e o Santos de Pelé. O campeão só foi definido após a terceira partida, o chamado jogo-desempate. No primeiro jogo em Santos, litoral paulista, no Estádio da Vila Belmiro, o Bahia surpreendeu o Santos e venceu por 3 a 2. No segundo jogo em Salvador, no Estádio da Fonte Nova, o Santos deu o troco e venceu por 2 a 0. Na terceira e decisiva partida, disputada no Maracanã, no Rio de Janeiro, capital federal à época, para um público de 20.000 pagantes, o Bahia venceu o Santos de virada por 3 a 1 e sagrou-se campeão brasileiro. O Tricolor baiano soma duas conquistas, 1959 e 1988.


Em 1970 o Fluminense ganhou a última edição da Taça Roberto Gomes Pedrosa, encerrando assim um ciclo. Terminava em 70 a era do “Campeonato Brasileiro antes do Campeonato Brasileiro”. O Tricolor Carioca ganhou a competição após a disputa de um quadrangular final, onde venceu o Palmeiras por 1 a 0 no Maracanã, o Cruzeiro também por 1 a 0 no Mineirão, em Belo Horizonte, e, novamente no Maracanã, no dia 20 de dezembro, pela terceira e última rodada, empatou com o Atlético Mineiro em 1 a 1. A partida derradeira teve um público superior a 130.000 torcedores. O gol do título do Flu foi assinalado pelo atacante Mickey.


O último jogo da Taça Roberto Gomes Pedrosa não representou simplesmente o fim de um torneio. Ele na verdade determinou o fim de um ciclo. Fim de uma era. O “Campeonato Brasileiro antes do Campeonato Brasileiro” foi disputado na chamada era de ouro do futebol brasileiro. Foram anos gloriosos. A primeira edição em 1959, a Taça Brasil, foi realizada um ano após a Seleção Brasileira conquistar a primeira Copa do Mundo de sua história, em 1958, na Suécia. E a última edição em 1970, a Taça de Prata, foi realizada no ano em que a Seleção Brasileira encantou o mundo pela terceira vez, conquistando o mágico tricampeonato mundial, no México.


Seja muito bem-vindo, Campeonato Brasileiro!

10 visualizações

© 2018 Alternativa Esportes. Orgulhosamente criado com Bruno Pinheiro. 

  • Facebook - Alternativa Esportes
  • Instagram - Alternativa Esportes
  • Twitter - Alternativa Esportes
  • Youtube - Alternativa Esportes
  • Facebook - Alternativa Esportes
  • Instagram - Alternativa Esportes
  • Twitter - Alternativa Esportes
  • Youtube - Alternativa Esportes