• Alternativa Esportes

Nova York agora é preto e branco, e não é por acaso

Por: Marcelo Frederico

Durant e Irving serão atrações dos Nets na NBA (Foto: Reprodução)

Um dos assuntos que mais geraram expectativa no início da última free agency foi qual seria a escolha de Kevin Durant, duas vezes MVP das finais, para jogar seus próximos anos. No páreo havia três das quatro equipes presentes nos dois maiores centros esportivos da NBA: os Clippers, de Los Angeles, e Nets e Knicks, de Nova York. Havia também, é claro, a opção do ala de retornar ao Golden State Warriors, o que daria ao jogador um contrato “supermax”, no valor de incríveis $220 milhões em cinco anos, porém, sinais de sua insatisfação na equipe já davam a entender que o jogador se mudaria de Oakland. Após algumas reuniões entre os times, Durant se juntou a Kyrie Irving e decidiu formar um Big Three com DeAndre Jordan (NYK) em Brooklyn, com ambos abrindo mão de parte de seus salários para que fosse viável a chegada do pivô. Com isso, Clippers e Knicks ficaram na mão, porém a equipe de Manhattan acabou perdendo mais.


O New York Knicks, segundo estudo feito pela Forbes no início do ano, se mantém pelo quarto ano seguido como a franquia mais valiosa da NBA, avaliada em $4 bilhões, se devendo muito ao fato de estar na cidade mais populosa dos Estados Unidos. Porém, quando se trata de resultados dentro da quadra, a franquia fica entre as piores da liga. Com o último campeonato vencido em 1973 e a última conferência em 1999, a equipe vem tentando se reestruturar desde a chegada de James Dolan como dono em 2000, para reviver os dias gloriosos, mas sempre bate na trave. Com trocas polêmicas envolvendo jovens promessas e escolhas de draft por jogadores caros e que não deram retorno em quadra durante todo esse período, o time chegou à semifinal de conferência na temporada 12-13 e na primeira rodada de playoffs nas temporadas 00-01, 03-04, 10-11 e 11-12, tendo feito a pior campanha da sua história em 13-15 e igualando o feito nesse ano.


Com o fim da temporada, as esperanças da torcida se reacenderam mais uma vez, pois graças à péssima campanha, teriam a maior probabilidade, junto com Phoenix Suns e Cleveland Cavaliers, de garantirem a primeira escolha do draft, que seria de Zion Willamson, considerado o melhor prospect desde LeBron James em 2003. Inclusive já se discutia a possibilidade de trocar o jogador com os Pelicans pelo ala-pivô Anthony Davis. Porém, mais uma vez, a sorte não favoreceu os Knicks, que acabaram ficando com a terceira escolha e viram o próprio time de New Orleans garantir a primeira e ficar com Zion.


Mas isso não foi o suficiente para cessar as esperanças da torcida, afinal, o time havia feito uma troca durante a temporada, onde mandou ao Dallas Mavericks o jovem e principal jogador do time, Krisptaps Porzingis, além de dois jogadores com salários considerados altos, abrindo espaço para dois contratos máximos, já de olho na free agency. Kawhi Leonard, Jimmy Butler, Kemba Walker, Kevin Durant e Kyrie Irving eram alguns dos principais nomes disponíveis, e após uma série de reuniões, todos escolheram outros destinos ao invés do Madison Square Garden, resultando em mais um enorme fracasso no histórico da equipe. E para piorar ainda mais a situação, os dois principais alvos durante as negociações, Durant e Kyrie, escolheram o rival do outro lado da Brooklyn Bridge.


Desde a compra pelo bilionário russo Mikhail Prokhorov e mudança de Nova Jersey, e posteriormente a compra pelo cofundador do Alibaba Joseph Tsai, o Brooklyn Nets vem se estruturando rapidamente e acertando em suas escolhas. Montou um time competitivo na última temporada, tendo o técnico Kenny Atkinson entre os mais elogiados por sua ideia de jogo que fez com que principalmente os armadores se destacassem, resultando na escolha do jovem D’Angello Russel para o All Star Game, e chegando até os playoffs, perdendo na primeira rodada para o Philadelphia 76ers. Os bons resultados em quadra foram fundamentais na escolha do jogador, segundo o próprio Durant, que ao voltar de sua lesão, irá sacramentar ao lado de Kyrie a mudança de cores em Nova York.

0 visualização

© 2018 Alternativa Esportes. Orgulhosamente criado com Bruno Pinheiro. 

  • Facebook - Alternativa Esportes
  • Instagram - Alternativa Esportes
  • Twitter - Alternativa Esportes
  • Youtube - Alternativa Esportes
  • Facebook - Alternativa Esportes
  • Instagram - Alternativa Esportes
  • Twitter - Alternativa Esportes
  • Youtube - Alternativa Esportes