• Alternativa Esportes

International Board faz mudanças em algumas regras; saiba mais

Por Almeno Campos

O goleiro só será punido se cometer uma mesma infração pela segunda vez. (FOTO: REUTERS)

A International Board (IFAB) definiu na última terça-feira (7) as regras no futebol que serão mudadas. Elas vão valer a partir de 1º de junho de 2020. Entre elas, uma alteração na regra de mão na bola: o toque no começo do braço (junção com a axila) não será mais considerado infração.


A entidade responsável pelas normas do futebol também indica que, na nova regra, o toque de mão involuntário no ataque só deve ser assinalado caso leve diretamente a um gol ou a uma "ocasião manifesta de gol". Antes, os árbitros tinham que marcar falta em qualquer toque da bola na mão na fase ofensiva das jogadas.

Siga a Alternativa Esportes no Youtube!

Outra mudança importante vai acontecer nas cobranças de pênaltis. A International Board orienta agora que caso um goleiro cometa uma infração, mas a bola não entre no gol ou que ela tenha batido na trave ou no travessão, a cobrança não será repetida, ao menos que a irregularidade do arqueiro influencie claramente na ação do cobrador. O goleiro também não deverá receber o cartão amarelo caso cometa alguma infração na primeira jogada, cabendo a medida de disciplina apenas para a reincidência de alguma infração.

Outra recomendação é de que os cartões amarelos mostrados durante os jogos não contarão mais em uma disputa direta de pênaltis. Se um atleta for punido durante o tempo normal ou na prorrogação e, depois, novamente na disputa de pênaltis, deverá ser relatado na súmula como dois cartões amarelos, e não como uma expulsão. E, caso cobrador e goleiro cometam infrações simultâneas, o cobrador é quem deve ser punido.

Há alteração também em relação ao VAR. Agora a orientação é de "sempre que o incidente revisado seja suscetível a considerações subjetivas, o árbitro deve revisá-lo no monitor à beira do campo", segundo documento da IFAB.

Competições como o Brasileirão, que podem começar antes de 1º de junho, poderão escolher se irão implementar as novas orientações neste ano ou na próxima edição do certame. Já os torneios que foram paralisados por causa da pandemia da Covid-19 poderão escolher: retomam com as novas regras ou terminam com as normas já vigentes. Então, na próxima temporada, passam a adotar as novas regras.

Outras mudanças nas regras implementadas pela IFAB: - O toque de mão voluntário por parte de um defensor será considerado na hora de determinar um lance de impedimento; - Se o árbitro permitir a cobrança de uma falta rapidamente ou der vantagem após uma falta que interfira em um lance claro de ataque, não será mostrado o cartão amarelo; - Os jogadores que não respeitarem os 4m de distância obrigatória num lance de bola ao chão serão punidos com cartão amarelo; - Se o goleiro cobrar um tiro de meta ou falta para que um companheiro devolva com o peito ou a cabeça, o lance deve ser repetido. O arqueiro só será punido se isso acontecer repetidamente.

© 2018 Alternativa Esportes. Orgulhosamente criado com Bruno Pinheiro. 

  • Facebook - Alternativa Esportes
  • Instagram - Alternativa Esportes
  • Twitter - Alternativa Esportes
  • Youtube - Alternativa Esportes
  • Facebook - Alternativa Esportes
  • Instagram - Alternativa Esportes
  • Twitter - Alternativa Esportes
  • Youtube - Alternativa Esportes