• Alternativa Esportes

Flamengo reencontra Bahia em Salvador e vive momento parecido ao do jogo de um ano atrás

Atualizado: Set 3

Por Luca Garcia


Ainda sob o comando de Jorge Jesus, em 2019, Flamengo foi goleado pelo Bahia em estreia de Filipe Luís | Foto: Fotoarena/Agência O Globo

Pressionado pela falta de bons resultados, Domènec Torrent encara o Bahia, adversário que fez 3x0 no Flamengo de Jorge Jesus há mais de um ano. A adaptação dos treinadores estrangeiros, estreias dos laterais Filipe Luís e Isla entre os titulares e baixas de titulares importantes marcam semelhanças entre o início de duas eras distintas no clube da Gávea.


Pouco menos de dois meses no comando do Rubro-Negro, Mister também vivia momento de irregularidade no clube, quando foi derrotado pelo Tricolor Baiano de Roger Machado. Àquela altura, o time já havia sido eliminado no Maracanã lotado, para o Athletico-PR, nas quartas de final da Copa do Brasil. Além disso, vinha de uma classificação nos pênaltis contra o Emelec (EQU), nas oitavas da Libertadores, após perder o jogo de ida no Equador. Um ano se passou e o final dessa história todos conhecem: Flamengo levantou as taças do Brasileirão e da Libertadores, justamente com o técnico português.


Atualmente, o momento se assemelha ao vivenciado por praticamente os mesmos jogadores em 2019. Porém, a comissão espanhola dirigida por Dome tem uma missão mais difícil, uma vez que treina um Flamengo com a torcida habituada a ganhar. Por enquanto, as primeiras impressões não foram das melhores. No entanto, vale ressaltar que nesse mesmo duelo realizado ano passado, com a derrota, Jorge Jesus viu o líder Santos abrir oito pontos de vantagem.

Inscreva-se no canal da Alternativa Esportes no YouTube!

Hoje, as ironias do futebol apresentam um cenário muito parecido. Com sete jogos a menos - em 2019, a partida contra o Bahia foi na 13ª rodada - o Rubro-Negro viaja para Salvador com sete pontos de distância do líder Internacional. No jogo realizado em tempos normais, no ano passado, ainda sem a existência da pandemia, os torcedores presentes no estádio viram o então estreante, o lateral-esquerdo Filipe Luís, com dificuldades para alcançar Gilberto na corrida. O atacante, que anotou um hat-trick naquele jogo, deitou e rolou para cima do experiente jogador da Seleção, dando uma péssima recepção ao jogador.


Já na noite dessa quarta-feira (02), é provável que o também lateral-direito chileno Maurício Isla faça sua estreia entre os titulares do Flamengo. Contudo, a situação deve ser mais amena do que a do colega de posição: o atleta entrou no segundo tempo da vitória por 1x0 contra o Santos e fez boa partida, quase dando assistência para Gabigol, que perdeu gol na sequência do passe. Isla terá a difícil missão de parar o rápido Élber, ponta-esquerda do time comandado por Roger Machado. Entretanto, estará mais leve após os bons primeiros minutos apresentados vestindo vermelho e preto.


Bahia e Flamengo jogam às 20h30 dessa quarta-feira, no Estádio Roberto Santos, o Pituaçu. O Rubro-Negro conta com desfalques importantes: Diego Alves, com lesão no ombro, Bruno Henrique, com edema ósseo no joelho e César, contaminado pela Covid-19, estão fora da partida. Além disso, o técnico espanhol escolheu poupar Gabigol, que teve uma entorse no tornozelo, e Gerson, que sentiu dores no ombro. Coincidentemente, na partida do ano passado, o Fla também teve baixas importantes: Gabigol e Rodrigo Caio, lesionados, e Cuéllar, poupado.


A Alternativa Esportes vai fazer a transmissão do duelo a partir das 20h, com narração de José Roberto Julianelli, reportagens de Vinícius Sacramento e comentários de Rômulo Diego.

© 2018 Alternativa Esportes. Orgulhosamente criado com Bruno Pinheiro. 

  • Facebook - Alternativa Esportes
  • Instagram - Alternativa Esportes
  • Twitter - Alternativa Esportes
  • Youtube - Alternativa Esportes
  • Facebook - Alternativa Esportes
  • Instagram - Alternativa Esportes
  • Twitter - Alternativa Esportes
  • Youtube - Alternativa Esportes