• Alternativa Esportes

Conheça o estilo de jogo de Domènec Torrent, novo técnico do Flamengo

Este é um artigo opinativo. O texto abaixo é de total responsabilidade do autor, não refletindo, necessariamente, a opinião da Alternativa Esportes Web Rádio.


Por Nícholas Franco


O Flamengo, enfim, fechou na sexta-feira (31) com aquele que era o principal alvo para substituir Jorge Jesus no comando do clube. Trata-se do espanhol Domènec Torrent, ex-auxiliar de Pep Guardiola no Barcelona (ESP), Bayern de Munique (ALE) e no Manchester City (ING), e que trabalhou no New York City (EUA) entre os anos de 2018 e 2019.


A escolha pelo europeu não tem muito a ver com o currículo, mas com o estilo de jogo. Apesar das diferenças do padrão tático do Mister, há algumas semelhanças nos conceitos dos dois treinadores. Assim como o português, Dome - como é chamado pelos mais chegados - é adepto da saída de bola com três jogadores à frente goleiro, o jogo apoiado, com o portador da bola tendo bastante opções de passes e a pressão alta pós-perda, visando a recuperação da bola no campo de ataque. Mas as semelhanças param por aí.

Flamengo de Jesus atuava em um 4-1-3-2 que tinha a bola como referência para constante movimentação dos jogadores | Arte: Nícholas Franco/Alternativa Esportes/TacticalPad

Enquanto Jesus impunha um jogo de constante movimentação tendo a bola como referência, a escola "Cruyffista", de onde Torrent e o "mestre" Guardiola vieram, impõe o jogo de posição. Um padrão tático que consiste na distribuição espacial dos jogadores em campo visando ocupação, amplitude, profundidade e ampliação dos espaços, com a posse e diminuição dos mesmos na perda da bola.


Isto quer dizer que cada jogador tem uma zona de atuação e um posicionamento fixo pré-determinado que deve ser obedecido, com movimentação coordenada e ensaiada para gerar o erro nas tomadas de decisão do adversário. Ou seja, quem tem a bola é atraído pelas triangulações e trocas de passes, e geram espaços às suas costas que tendem a ser aproveitados por outros jogadores.

Leia também: O próximo técnico do Flamengo precisa ser europeu?

Historicamente, Guardiola costuma ocupar os lados do campo com os pontas e não com os laterais. Estes, ora trabalham por dentro, com um volante único, ora montam uma linha de três zagueiros, com um deles guardando posição. Se o adversário compacta as defesas à frente da área, os pontas ganham espaço para correr. Se os pontas recebem atenção dos laterais, a defesa fica aberta e surgem espaços entre dois jogadores da última linha adversária. Muitas vezes aproveitados pelos meias.


Se Dome reproduzir o que Pep aplica, o elenco Rubro-Negro pode sofrer alterações no 11 inicial: é provável que Everton Ribeiro e Arrascaeta passem a trabalhar mais por dentro, com Gerson mais recuado, ganhando a companhia da aproximação dos laterais à frente da defesa alta. Bruno Henrique passaria a jogar aberto e não mais em dupla com Gabigol. E um ponta pode ingressar no time titular para jogar pela direita, possivelmente na vaga de Willian Arão. Caso o 11 não se altere, Gerson e Arrasca jogariam pelo meio e Everton teria que jogar mais aberto. A tendência do camisa 7 é jogar por dentro, o que levaria uma adaptação e mudança no estilo do jogador se ele assim fosse utilizado.

Se aplicasse o jogo de posição, o Flamengo passaria a atuar num 4-3-3 que obedeceria mais ocupação de espaço | Foto: Nícholas Franco/Alternativa Esportes/TacticalPad

No entanto não sabemos o que esperar do novo técnico. A experiência dele enquanto treinador ainda é pequena e num mercado emergente. Vimos outros auxiliares de Guardiola implementarem padrões táticos diferentes, como Tito Villanova no Barcelona e Mikel Arteta no Arsenal (ING). Talvez Domènec, em um primeiro momento, dê sequência ao costume dos jogadores com o trabalho de Jorge Jesus. Porém, se vermos o jogo de posição ser praticado em um clube brasileiro, poderemos notar o Flamengo precisando de um tempo até assimilar as complexas ideias da escola espanhola.

579 visualizações

© 2018 Alternativa Esportes. Orgulhosamente criado com Bruno Pinheiro. 

  • Facebook - Alternativa Esportes
  • Instagram - Alternativa Esportes
  • Twitter - Alternativa Esportes
  • Youtube - Alternativa Esportes
  • Facebook - Alternativa Esportes
  • Instagram - Alternativa Esportes
  • Twitter - Alternativa Esportes
  • Youtube - Alternativa Esportes