• Alternativa Esportes

Brasileirão 2019 e os três maiores


Foto: André Durão

Por: J.V. Laguárdia


Que o Campeonato Brasileiro é um dos mais concorridos e difíceis do mundo, isso não é novidade. Porém, o que torna essa afirmação verdadeira não é o futebol essencialmente técnico e a super organização dos clubes, mas o fato de que entre os 20 times que disputam a Série A, aproximadamente 11 deles têm reais condições de levantar o caneco, devido a uma realidade financeira e técnica semelhante.


Há anos, comenta-se uma possível hegemonia entre Flamengo e Corinthians, pela grandeza de suas torcidas. Entretanto, um novo fator foi adicionado nessa categoria: a do patrocinador master, mais precisamente a Crefisa. Essa instituição de renome fez um investimento de R$ 150 milhões até 2018 no Palmeiras (a patrocinadora entrou em 2017) e promete renovar o seu vínculo em 2019, clube de coração dos proprietários Leila Pereira e José Roberto Lamacchia. Com esse aporte financeiro, o clube, que já viveu momentos financeiros complicados, conseguiu se recuperar, colocou as contas em ordem e é tido como exemplo de gestão para diversos clubes brasileiros. O modelo adotado pela cúpula alviverde, de contratar jogadores novos com um bom futebol e emprestá-los, tem rendido bons frutos ao Palmeiras. Além disso, o time realiza uma espécie de reserva de mercado, enfraquecendo os concorrentes.


O Flamengo também está colocando as suas contas em dia e promete dar trabalho aos adversários em 2019. Por mais que muitos torcedores e parte da imprensa não tenham gostado da gestão do Bandeira de Mello, por não conquistar um título de expressão nacional ou continental, é inegável que o ex-presidente recuperou o prestígio e a saúde financeira da instituição, que foram manchados por presidentes antecessores. Cabe ao novo presidente Rodolfo Landim colher os frutos que foram semeados por Bandeira.


O Corinthians, clube de uma torcida louca e apaixonada, também está tentando se ajeitar. A instituição não vive um bom momento financeiro devido às dívidas do estádio Itaquera. Porém, após sofrer desmanches sucessivos e se reinventar, a Fiel sofreu com o ano de 2018. Após ser campeão no Paulistão, o time viveu uma perda estrutural no elenco: saíram Balbuena, Rodriguinho, Maycon, Sidcley e o técnico Fábio Carille. No final do ano, Jair Ventura recebeu o boné de técnico, mas o trabalho não engrenou e, por pouco, a equipe não foi rebaixada. O ano de 2019 promete ser mais tranquilo, e até o momento, Andrés Sanchez repatriou Carille e trouxe Ramiro, ex-Grêmio, e promete trazer outros jogadores, principalmente um 9.

4 visualizações

© 2018 Alternativa Esportes. Orgulhosamente criado com Bruno Pinheiro. 

  • Facebook - Alternativa Esportes
  • Instagram - Alternativa Esportes
  • Twitter - Alternativa Esportes
  • Youtube - Alternativa Esportes
  • Facebook - Alternativa Esportes
  • Instagram - Alternativa Esportes
  • Twitter - Alternativa Esportes
  • Youtube - Alternativa Esportes