• Alternativa Esportes

300 milhões e as dívidas do Cruzeiro

Por: J.V. Laguárdia




Na última segunda-feira (11), os conselheiros do Cruzeiro Esporte Clube aprovaram empréstimo de R$ 300 milhões, a fim de sanar algumas dívidas do clube. De acordo com o Presidente Wagner Pires de Sá, a ideia do empréstimo é concentrar o débito em apenas uma instituição e arcar com pendências junto aos clubes, empresários e jogadores.


Estiveram presentes algumas personalidades, como o ex-presidente Gilvan de Pinho Tavares e Zezé Perrela, atual presidente do Conselho Deliberativo e Flávio Pena, diretor financeiro, além de beneméritos, sócios e associados. A forma de votação foi simples: quem fosse contra a ideia, tinha que permanecer de pé - para surpresa, apenas dois dos 316 conselheiros se opuseram ao projeto financeiro.


A instituição financeira escolhida é de fora do país, por apresentar juros abaixo do que é trabalhado no mercado nacional. Segundo José Dalai Rocha, vice-presidente do Conselho Deliberativo do Cruzeiro, a taxa de juros paga pelo clube, atualmente, é de aproximadamente 2% ao mês e será “trocada” por uma de 0,68%. Para alívio de grande parte dos torcedores, não houve o envolvimento de bens do clube como era relatados pela oposição. Porém, para assegurar o ressarcimento à instituição bancária, haverá a destinação de ganhos, como parte da bilheteria, cota de patrocínio e de televisão. Além disso, ficou acertado que este empréstimo começará a ser pago após a carência de 18 meses, parcelados em valores que deverão ser pagos por semestre, e que haverá o congelamento da taxa cambial, no dia da assinatura do projeto.


Após a votação, Wagner Pires de Sá comentou sobre a posição adotada pelo Cruzeiro. “A partir de agora, os conselheiros vão saber de tudo que estamos fazendo, o Cruzeiro está demonstrando ao próprio país e ao futebol brasileiro que a gente tem condição de sair dessa dívida constante que passa o futebol. Se continuarmos da maneira que está, teremos dois ou três times muito bem na fita e os demais pedindo, com o pires na mão. Apesar de eu ter nome pires no nome, vou ser se tiro ele da mão, deixar só no sobrenome. O que nós fizemos foi exatamente isso. Estamos negociando com empréstimos, com financiamentos internacionais com taxas de juros baixíssimas, aproveitando o que eu chamo de 'efeito Bolsonaro', ou seja, o mundo está começando a olhar para o Brasil com outros olhos. O dinheiro que sempre foi arredio durante alguns anos no nosso governo, que não tinha confiança na legislação, não tinha confiança na capacidade de pagamento do Brasil, hoje eles demonstraram e tem hoje confiança, principalmente no Cruzeiro Esporte Clube, que é o maior patrimônio que nós temos hoje, que é essa camisa azul e essa camisa cinco estrelas. Por isso, estamos conseguindo financiamentos com condições excepcionalmente benéficas para o clube, vamos trocar dívidas que temos internamente com taxas de juros internas altíssimas, que chega em uma média de quase 2% ao mês, por uma de 0.68%. Então foi uma grande vitória e graças a Deus nós tivemos a aprovação unânime do Conselho. Na verdade, teve um voto contra. Dois. É bom isso, porque toda unanimidade é burra.”


Segundo fontes da imprensa mineira, a iniciativa do empréstimo se deu após a informação de que nos próximos dias a FIFA anuncie, de forma arbitral, o pagamento de dívidas com clubes, por parte da Raposa. Uma das mais pesadas, que gira em torno de R$ 12 milhões, é a do uruguaio Latorre, que foi comprado em uma negociação casada na vinda de De Arrascaeta, e que ainda rende dúvidas dentro do Cruzeiro. Cabe agora ao torcedor aderir aos produtos do time, principalmente o sócio-torcedor, para auxiliar no pagamento da dívida. Caso contrário, a situação financeira pode piorar ainda mais.


Torcedor, a Alternativa Esportes que saber: qual a sua opinião sobre esse empréstimo da Raposa?

0 visualização

© 2018 Alternativa Esportes. Orgulhosamente criado com Bruno Pinheiro. 

  • Facebook - Alternativa Esportes
  • Instagram - Alternativa Esportes
  • Twitter - Alternativa Esportes
  • Youtube - Alternativa Esportes
  • Facebook - Alternativa Esportes
  • Instagram - Alternativa Esportes
  • Twitter - Alternativa Esportes
  • Youtube - Alternativa Esportes